Arquivo da categoria: Dentista

O que você quer saber sobre saúde bucal?

Na verdade, os dentes são estruturas vivas, embora não o vejam. A coroa de esmalte ou capô, na parte externa de cada dente, esconde uma câmara interna cheia de dentina. É uma malha rígida de tecido conjuntivo mineralizado. O núcleo de cada dente consiste em nervos fechados em uma bainha de polpa sob essa camada de dentina. Os canais no centro de cada raiz dentária permitem a passagem de nervos. Seus dentes estão ancorados em sua mandíbula por ligamentos difíceis e um material chamado cimento.
A forma de cada dente determina sua função: os incisivos em forma de folha na frente da boca servem para cortar alimentos. Caninos pontudos ao lado deles ajudam a rasgar alimentos. Pré-molares, pré-molares e molares têm superfícies largas e cegas que são esmagadas e moídas como uma argamassa.

Mastigar é o primeiro passo no processo digestivo. Além de ajudá-lo a engolir a maioria dos alimentos, a mastigação também multiplica a área da superfície dos alimentos. Isso facilita a conversão de alimentos em energia pelas enzimas digestivas.

Três pares de glândulas salivares umedecem os alimentos, ajudando-os a passar pelo esôfago, o tubo que liga a parte posterior da garganta ao estômago. Essas glândulas também secretam enzimas que começam a dissolver amidos.

A ligação entre saúde bucal e saúde geral

A importância da saúde bucal aumentou nos últimos anos, pois os pesquisadores descobriram uma conexão entre a diminuição da saúde bucal e as condições sistêmicas subjacentes. Acontece que uma boca saudável pode ajudá-lo a manter um corpo saudável. Bactérias orais e inflamação podem estar associadas a doenças cardíacas, endocardite, parto prematuro e baixo peso ao nascer.

As bactérias podem se espalhar da cavidade oral para o sangue, causando uma infecção com risco de vida nas válvulas do coração. Seu dentista pode sugerir que você tome antibióticos como medida preventiva antes de executar qualquer procedimento odontológico que possa desalojar bactérias da boca.

O que pode dar errado

Sua cavidade oral coleta todos os tipos de bactérias, vírus e fungos. Alguns deles pertencem a ele, compondo a flora normal da sua boca. Eles geralmente são inofensivos em pequenas quantidades. No entanto, uma dieta rica em açúcar cria condições nas quais as bactérias produtoras de ácido podem florescer. Este ácido dissolve o esmalte dos dentes e causa cáries.

As bactérias dentro e logo abaixo da linha da gengiva prosperam em uma matriz pegajosa chamada placa. A placa se acumula, endurece e migra ao longo do dente se não for removida regularmente por escovação e uso do fio dental. Isso pode inflamar as gengivas e causar uma condição conhecida como gengivite.

O aumento da inflamação faz com que as gengivas comecem a se desprender dos dentes. Esse processo cria bolsas nas quais o pus pode eventualmente se acumular. Este estágio mais avançado da doença gengival é chamado periodontite. A doença periodontal pode quebrar o osso que prende os dentes. Terapia para salvar os dentes pode ser necessária neste caso.

Sua boca pode ser o local de abscessos ou outras infecções, distúrbios ou até câncer. Por exemplo, quase todos os adultos foram infectados com o vírus herpes simplex, tipo 1. Este é o vírus que causa feridas na boca ou nos lábios. Esse vírus pode permanecer inativo, mas permanece em seu corpo e pode inflamar-se para causar feridas.

Manter os dentes e gengivas saudáveis

A boa saúde bucal se resume a boa saúde geral e bom senso. Escove os dentes com creme dental com flúor duas vezes ao dia e use fio dental todos os dias. O uso do fio dental é uma das atividades mais benéficas que você pode realizar para prevenir doenças na cavidade oral. Limpe os dentes por um dentista a cada seis meses.

Evite produtos de tabaco.

Siga uma dieta rica em fibras, pobre em gordura e pobre em açúcar, que inclui muitas frutas e legumes. Esse tipo de dieta é naturalmente rico em vitamina D, o que ajuda o corpo a absorver e manter o cálcio e o fósforo, minerais encontrados nos dentes e ossos. Limite lanches açucarados e alimentos com açúcares ocultos, como:

  • Molho de tomate
  • Molho de churrasco
  • Fatias de frutas ou compota de maçã em latas ou potes com adição de açúcar
  • Iogurte aromatizado
  • Molho de macarrão
  • Chá gelado adoçado
  • Soda
  • Bebidas esportivas
  • Suco ou mistura de suco.
  • Cereais e barras de cereais
  • Muffins
  • ...