Como parar o sangramento das gengivas

By | Março 5, 2019

Na maioria dos casos, as pessoas podem tratar um pequeno sangramento gengival em casa. Uma boa higiene bucal e remédios naturais podem tratar e prevenir sangramentos nas gengivas.

Como parar o sangramento das gengivas

Como parar o sangramento das gengivas

Sangramento nas gengivas é comum e geralmente não é grave. Uma pessoa pode notar um pouco de sangue após escovar os dentes ou usar fio dental, o que pode irritar gengivas sensíveis.

A razão mais comum pela qual as gengivas sangram é devido ao acúmulo de placa bacteriana ou tártaro. Essas substâncias permitem que as bactérias cresçam ao longo da linha da gengiva. Uma boa higiene bucal pode impedir a sensibilidade e o sangramento.

As causas comuns de gengivas sensíveis ou com sangramento incluem:

  • Não escove os dentes com frequência suficiente, ou pelo menos duas vezes por dia.
  • Use uma escova de dentes muito dura ou rígida.
  • Use uma escova de dentes gasta que não limpe mais efetivamente
  • Fio dental com força, em vez de empurrá-lo para baixo e abraçar os lados de cada dente.
  • Tome certos medicamentos, como aspirina, anticoagulantes ou ibuprofeno.
  • Tendo gengivite ou doença gengival precoce.

Tente os métodos a seguir para interromper o sangramento nas gengivas e impedir que o sangramento apareça novamente.

1 Usar gaze

Assim como ocorre com o sangramento em qualquer outra parte do corpo, as pessoas podem ajudar a interromper o sangramento segurando imediatamente uma gaze limpa e úmida contra a área afetada.

Pressione delicadamente a gaze no lugar até o sangue parar de fluir.

Pessoas com um sistema imunológico enfraquecido ou outra condição médica podem achar que suas gengivas levam muito tempo para parar o sangramento. Converse com um dentista sobre a melhor maneira de interromper o fluxo sanguíneo.

2 Use gelo

Segure uma compressa fria, um pequeno bloco de gelo ou um cubo de gelo contra gengivas inchadas e sangrando para aliviá-las.

Compressas de gelo são especialmente úteis para aliviar lesões orais leves que causam inchaço, como cortes e arranhões. Eles também podem ajudar a reduzir a dor e o inchaço causados ​​pela gengivite.

Use gelo por 10 minutos no 10 e faça pausas nos minutos do 10. Se o sangramento não parar, algumas pessoas podem considerar ligar para um médico.

3 Use enxaguatório bucal

Enxaguatórios bucais antibacterianos podem tratar e prevenir sangramentos nas gengivas. Eles matam bactérias e reduzem a inflamação para aliviar as gengivas doloridas, inflamadas e sangrando.

Artigo relacionado> Sangramento nas gengivas - causas, sintomas, tratamento

O enxaguatório bucal também pode tratar e prevenir a gengivite, que é uma causa comum de sangramento nas gengivas.

Os ingredientes ativos comuns nos enxaguantes bucais incluem:

  • Clorexidina
  • Peróxido de hidrogênio.

Mantenha o enxaguatório bucal à mão para tratar sangramentos nas gengivas quando elas ocorrerem. As pessoas podem comprar enxaguatórios bucais em farmácias ou Escolha entre marcas online.

4 Use uma lavagem com sal quente

Lavar a boca com água salgada pode ajudar a reduzir as bactérias e acelerar os tempos de cicatrização. De acordo com a Dental Association, uma pessoa pode fazer uma lavagem oral com sal, adicionando meia colher de chá de sal a 8 onças de água morna.

Absorva o enxágüe com a boca para limpar a área e cuspa o líquido. Repita isso várias vezes ao dia ou conforme as instruções do seu dentista.

5 Aplique uma pasta de açafrão

Açafrão tem efeitos antibacterianos e anti-inflamatórios naturais. A aplicação de uma pasta de açafrão nas gengivas pode melhorar os sintomas de gengivite e sangramento nas gengivas.

No entanto, atualmente não há evidências científicas confiáveis ​​indicando que o açafrão tenha algum efeito sobre a doença gengival ou sangramento gengival.

Um estudo em pequena escala comparou os efeitos da curcumina, o ingrediente ativo da açafrão, com os efeitos da clorexidina na higiene bucal. Os pesquisadores descobriram efeitos anti-inflamatórios semelhantes em pessoas que usaram esses géis durante o 10 minutos por dia, duas vezes por dia.

Açafrão é amarelo, mas você não deve manchar os dentes de uma pessoa enquanto enxaguar bem depois de usá-lo. Algumas pessoas usam açafrão como um agente clareador de dentes, especialmente quando combinadas com bicarbonato de sódio. No entanto, não há evidências da eficácia desse remédio.

6 Use a escova de dentes certa

Se uma pessoa tem gengivas sensíveis, pode optar por uma escova de dentes rotulada como extra macia ou sensível. Escovas de dentes firmes ou médias são muito ásperas nas gengivas.

Recomenda-se que as pessoas usem uma escova de dentes com cerdas macias por minutos 2, duas vezes por dia. Eles dizem que as escovas de dentes manuais e elétricas são eficazes.

Substitua as escovas de dentes a cada 3 aos meses 4 ou antes, se as cerdas parecerem gastas.

7 Fio dental todos os dias, mas seja gentil

Iniciar um novo hábito de usar fio dental pode causar sangramento a princípio. As gengivas não podem ser usadas para estimulação. No entanto, após alguns dias de uso contínuo do fio dental, o sangramento deve parar.

O uso regular do fio dental melhora a saúde geral das gengivas e deve reduzir o sangramento das gengivas ao longo do tempo.

8 Evite fumar

O tabagismo é uma das principais causas da doença gengival, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC).

Artigo relacionado> Sangramento nas gengivas - causas, sintomas, tratamento

Fumar danifica o sistema imunológico do corpo, o que significa que ele é menos capaz de combater bactérias que aderem naturalmente às gengivas.

Uma vez danificadas as gengivas, o fumo dificulta a cicatrização de seus tecidos.

Parar de fumar beneficia todo o corpo e aumenta muito a saúde da boca e das gengivas de uma pessoa. As pessoas freqüentemente percebem melhorias em sua saúde bucal rapidamente após parar de fumar.

9 Teste com o extrato de óleo

O extrato de óleo é uma prática antiga da medicina ayurvédica. Envolve agitar um óleo específico na boca por até 20 minutos e depois cuspi-lo. Os defensores afirmam que ele pode clarear os dentes e melhorar a saúde bucal.

Embora algumas pessoas possam achar que o extrato de óleo as ajuda, ainda não é recomendado para a higiene dental, porque há uma falta de evidências científicas sobre sua eficácia. Os especialistas sugerem que o extrato de óleo não pode substituir a escovação e o uso do fio dental regularmente.

Algumas pesquisas limitadas em pequena escala sugerem que o extrato de óleo é mais eficaz do que um placebo para controlar os níveis de placa na boca. Os participantes do estudo enxaguaram a boca com óleo de coco por minutos 10 todos os dias durante uma semana.

A teoria é que o extrato de óleo extrai as bactérias que vivem na boca, enquanto cuspir o óleo remove as bactérias da boca. Algumas pessoas usam óleos com propriedades antibacterianas, como o óleo de coco.

10 Evite alimentos processados ​​e açucarados

Comer amido e alimentos processados ​​com muita frequência pode causar gengivite e sangramento nas gengivas.

Os alimentos ricos em amido podem aderir aos dentes e gengivas e se transformar em açúcar. Esta ação pode levar à inflamação da gengiva, sangramento e aumento da cárie.

Os alimentos ricos em amido incluem pão refinado, bolos, biscoitos e batatas fritas.

11 Coma legumes crocantes

Legumes crocantes, como aipo e cenoura, podem ajudar a manter os dentes limpos entre as refeições.

Sua qualidade crocante pode ajudar a eliminar o desperdício de alimentos dos dentes. Além disso, eles contêm baixas quantidades de açúcar e carboidratos, portanto, não promovem cáries ou problemas nas gengivas.

12 Coma mais vegetais de folhas verdes

Vegetais de folhas verdes, como couve, alface e espinafre, são excelentes fontes de vários nutrientes, incluindo a vitamina K.

Uma deficiência de vitamina K pode afetar a quantidade de tempo que o sangue leva para coagular; portanto, pessoas com baixa vitamina K podem notar mais sangramentos do que o normal.

Pessoas propensas a coágulos sanguíneos devem consultar um médico sobre a quantidade de vitamina K necessária em sua dieta.

Artigo relacionado> Sangramento nas gengivas - causas, sintomas, tratamento

Tratamento e prevenção a longo prazo

A melhor maneira de evitar sangramento nas gengivas é adotar um estilo de vida saudável que evite doenças que causam sangramento nas gengivas.

As pessoas muitas vezes podem prevenir e prevenir sangramentos gengivais e outros problemas gengivais por:

  • Pratique bons cuidados de saúde bucal, incluindo escovação duas vezes ao dia e uso do fio dental uma vez ao dia.
  • Substituição da escova de dentes todos os meses do 3 ao 4.
  • Consulte um dentista regularmente.
  • Marque consultas regulares de higiene para limpeza profissional e remoção de tártaro.
  • Consulte um médico regularmente para verificar problemas de saúde que podem contribuir para problemas nas gengivas, como diabetes.
  • Evite fumar ou trabalhe com um médico para encontrar maneiras de parar de fumar.
  • Coma uma dieta saudável que inclua muitas frutas e vegetais frescos e limite alimentos processados ​​e alimentos com açúcares adicionados.

Quando consultar um dentista

Uma pessoa deve consultar o dentista se notar alterações nas gengivas, dentes ou boca.

A dor, vermelhidão ou sangramento das gengivas não devem ocorrer todos os dias. Se o problema surgir com freqüência ou não desaparecer com as boas práticas de higiene bucal, o dentista poderá verificar se há doença gengival precoce e outros problemas.

Consulte um profissional de saúde para sinais de infecção, como febre ou inchaço.

Deficiências de vitamina C ou K, gravidez e certas condições médicas também podem contribuir para o sangramento gengival. As pessoas devem consultar seu médico ou dentista se o sangramento não desaparecer depois de tentar tratar esse sintoma em casa.

Visitas regulares ao dentista podem impedir que a doença periodontal menor se torne mais grave.A doença gengival não tratada pode eventualmente levar à infecção e perda de dentes. Um dentista também pode cuidar da saúde geral da boca de uma pessoa e detectar problemas mais sérios, como os estágios iniciais do câncer de boca.

conclusão

Na maioria dos casos menores, as pessoas podem tratar eficazmente o sangramento das gengivas com remédios caseiros. Também é possível evitar sangramentos gengivais no futuro praticando uma boa higiene bucal e abordando qualquer causa subjacente. Consulte um médico para sangramento prolongado ou excessivo.

Um dentista pode tratar a doença gengival, principalmente se for detectada nos estágios iniciais.

Se o diabetes causar sangramento nas gengivas, uma pessoa pode ajudar a controlar seus níveis de açúcar no sangue e controlar gengivas e gengivites, seguindo um estilo de vida saudável e recebendo atenção médica regular.

Se uma pessoa tem um distúrbio sanguíneo que causa sangramento incomum, como a hemofilia, pode trabalhar com seu médico para tomar medicamentos e receber outro tratamento, conforme necessário.

Embora o sangramento ocasional das gengivas geralmente não seja uma emergência, uma pessoa deve procurar um dentista se continuar.

Autor: Dr. Manuel Silva

O Dr. Manuel Silva terminou sua especialização em neurocirurgia em Portugal. Ele está interessado na experiência de radiocirurgia, tratamento de tumores cerebrais e radiologia intervencionista. Ele adquiriu experiência operacional significativa, realizada sob a supervisão e orientação de idosos.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

*

* Copie esta senha *

* Digite ou cole a senha aqui *

Comentários de spam do 11.891 bloqueados até agora por Wordpress sem spam

Você pode usar tese HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title = ""> <acronym title = ""> <b> <blockquote cite = ""> <cite> <code> <del datetime = ""> <em > <i> <q cite = ""> <s> <strike> <strong>