O que são distúrbios da fala?

By | Março 22, 2019

A fala é o processo de produzir sons específicos que transmitem significado ao ouvinte. Um distúrbio da fala se refere a qualquer condição que afeta a capacidade de uma pessoa produzir sons que criam palavras.

A fala é uma das principais maneiras pelas quais as pessoas comunicam seus pensamentos, sentimentos e idéias com os outros. O ato de falar exige a coordenação precisa de várias partes do corpo, incluindo a cabeça, pescoço, tórax e abdômen.

Neste artigo, exploramos o que são distúrbios da fala e os diferentes tipos. Também cobrimos os sintomas, causas, diagnóstico e tratamento de distúrbios da fala.

O que são distúrbios da fala?

O que são distúrbios da fala?

O que é um distúrbio da fala?

Os distúrbios da fala afetam a capacidade de uma pessoa formar os sons que lhes permitem se comunicar com outras pessoas. Eles não são os mesmos que distúrbios de linguagem.

Os distúrbios da fala impedem que as pessoas formem sons de fala corretos, enquanto os distúrbios da linguagem afetam a capacidade de uma pessoa aprender palavras ou entender o que os outros estão dizendo.

No entanto, os distúrbios da fala e da linguagem podem dificultar a expressão de pensamentos e sentimentos por outras pessoas.

Tipos

Os distúrbios da fala podem afetar pessoas de todas as idades.

Alguns tipos de distúrbios da fala incluem gagueira, apraxia e disartria. Discutimos cada um desses tipos abaixo:

Stutter

Gagueira refere-se a um distúrbio da fala que interrompe o fluxo da fala. Pessoas que gaguejam podem experimentar os seguintes tipos de interrupção:

  • Repetições ocorrem quando as pessoas involuntariamente repetem sons, vogais ou palavras.
  • Os bloqueios ocorrem quando as pessoas sabem o que querem dizer, mas têm dificuldade em emitir os sons da fala necessários. Blocos podem fazer alguém sentir que suas palavras estão presas.
  • Extensões referem-se a esticar ou extrair sons ou palavras específicos.

Os sintomas da gagueira podem variar dependendo da situação. Estresse, emoção ou frustração podem piorar a gagueira. Algumas pessoas também podem achar que certas palavras ou sons podem tornar a gagueira mais pronunciada.

A gagueira pode causar sintomas físicos e comportamentais que ocorrem ao mesmo tempo. Estes podem incluir:

  • Tensão no rosto e ombros.
  • Piscando rápido
  • Tremores labiais
  • Punhos cerrados
  • Movimentos repentinos da cabeça.

Existem dois tipos principais de gagueira:

  • A gagueira do desenvolvimento Afeta crianças pequenas que ainda estão aprendendo habilidades de fala e linguagem. Os fatores genéticos aumentam significativamente a probabilidade de uma pessoa desenvolver esse tipo de gagueira.
  • Gagueira neurogênica Ocorre quando o dano ao cérebro impede a coordenação adequada entre diferentes regiões do cérebro que desempenham um papel na fala.

Apraxia

O cérebro controla cada uma das ações que as pessoas realizam, incluindo a fala. A maior parte da participação do cérebro na fala é inconsciente e automática.

Quando alguém decide falar, o cérebro envia sinais para as diferentes estruturas do corpo que trabalham juntas para produzir a fala. O cérebro instrui essas estruturas sobre como e quando mover para formar os sons apropriados.

Por exemplo, esses sinais de voz abrem ou fecham as cordas vocais, movem a língua e formam os lábios e controlam o movimento do ar através da garganta e da boca.

Apraxia é um termo geral que se refere a danos cerebrais que afetam as habilidades motoras de uma pessoa e podem afetar qualquer parte do corpo. Apraxia da fala, ou apraxia verbal, refere-se especificamente à deterioração das habilidades motoras que afetam a capacidade do indivíduo de formar sons de fala corretamente, mesmo quando eles sabem o que significam.

disartria

A disartria ocorre quando um dano cerebral causa fraqueza muscular no rosto, lábios, língua, garganta ou peito de uma pessoa. A fraqueza muscular nessas partes do corpo pode dificultar a fala.

Pessoas que apresentam disartria podem apresentar os seguintes sintomas:

  • Fale confuso.
  • Macho.
  • Fale muito devagar ou muito rápido.
  • Fale suave ou calmamente.
  • Dificuldade em mover a boca ou a língua

Os sintomas

Os sintomas dos distúrbios da fala variam amplamente, dependendo da causa e gravidade do distúrbio. As pessoas podem desenvolver vários distúrbios da fala com sintomas diferentes.

Pessoas com um ou mais distúrbios da fala podem apresentar os seguintes sintomas:

  • Repita ou prolonga os sons.
  • Sons distorcidos
  • Adicione sons ou sílabas às palavras.
  • Reorganize as sílabas.
  • Tendo dificuldade em pronunciar as palavras corretamente.
  • Lute para dizer a palavra ou o som certo.
  • Fale com uma voz rouca.
  • Fale muito suavemente.

Causas

As causas de distúrbios da fala podem incluir:

  • Dano cerebral devido a um acidente vascular cerebral ou lesão na cabeça.
  • Fraqueza muscular
  • Cordas vocais danificadas
  • Doença degenerativa, como doença de Huntington, doença de Parkinson ou esclerose lateral amiotrófica.
  • Demência
  • Câncer que afeta a boca ou garganta.
  • Autismo
  • Síndrome de Down
  • Perda auditiva

Os fatores de risco que podem aumentar a probabilidade de uma pessoa desenvolver um distúrbio da fala incluem:

  • Ser homem
  • Nascido prematuramente
  • Tenha um baixo peso ao nascer.
  • Ter histórico familiar de distúrbios da fala.
  • Experimente problemas que afetam os ouvidos, nariz ou garganta.

Diagnóstico

Um fonoaudiólogo (SLP) é um profissional de saúde especializado em distúrbios da fala e da linguagem.

Um SLP avaliará uma pessoa por grupos de sintomas que indicam um tipo de distúrbio da fala. Para fazer um diagnóstico preciso, os SLPs devem excluir outros distúrbios de fala e linguagem e condições médicas.

Uma SLP revisará o histórico médico e familiar de uma pessoa. Eles também examinarão como uma pessoa move seus lábios, mandíbula e língua e podem inspecionar os músculos da boca e da garganta.

Outros métodos para avaliar distúrbios da fala incluem:

  • Teste de detecção de articulação de Denver. Este teste avalia a clareza da pronúncia de uma pessoa.
  • Perfil de projeção de voz prosódica. Os SLPs usam esse teste para examinar vários aspectos do discurso de uma pessoa, incluindo tom, fraseado, padrões de fala e volume de fala.
  • Manual de avaliação dinâmica das habilidades motoras da fala (DEMSS). O DEMSS é um guia completo para ajudar os SLPs a diagnosticar distúrbios da fala.

Tratamento

O tipo de tratamento normalmente depende da gravidade do distúrbio da fala e de sua causa subjacente.

As opções de tratamento podem incluir:

  • Exercícios de terapia da fala que se concentram no desenvolvimento da familiaridade com certas palavras ou sons.
  • Exercícios físicos que se concentram no fortalecimento dos músculos que produzem sons da fala.

A seguir, discutimos algumas das opções de tratamento para distúrbios da fala:

Seleção de Objetivos

A seleção de objetivos implica que uma pessoa pratique sons ou palavras específicos para se familiarizar com determinados padrões de fala. Exemplos de objetivos da terapia podem incluir palavras ou sons difíceis que desencadeiam interrupções na fala.

Uso contextual

Para essa abordagem, os SLPs ensinam as pessoas a reconhecer sons de fala em diferentes contextos baseados em sílabas.

Terapia de contraste

A terapia de contraste envolve dizer pares de palavras que contêm um ou mais sons diferentes da fala. Alguns exemplos de palavras podem ser "batida" e "pés" ou "massa" e "show".

Terapia motor-oral

O foco da terapia motor-oral concentra-se em melhorar a força muscular, o controle motor e o controle da respiração. Esses exercícios podem ajudar as pessoas a desenvolver fluência, o que produz um discurso mais suave que soa mais natural.

Dispositivo de ouvido

Aparelhos auditivos são pequenos aparelhos eletrônicos que cabem dentro do canal auditivo. Esses dispositivos podem ajudar a melhorar a fluência nas pessoas que gaguejam.

Alguns aparelhos auditivos reproduzem versões alteradas da voz do usuário para fazer parecer que alguém está falando com eles. Outros aparelhos auditivos produzem um ruído que ajuda a controlar a gagueira.

Medicação

Alguns distúrbios da fala podem levar as pessoas a desenvolver distúrbios de ansiedade Situações estressantes podem desencadear ansiedade, resultando em sintomas mais pronunciados. Medicamentos para ansiedade podem ajudar a reduzir os sintomas de distúrbios da fala em algumas pessoas.

Resumo

Os distúrbios da fala afetam a capacidade de uma pessoa produzir sons que criam palavras. Eles não são o mesmo que distúrbios de linguagem, o que dificulta as pessoas aprenderem palavras ou entenderem o que os outros dizem.

Tipos de distúrbios da fala incluem gagueira, apraxia e disartria. Existem muitas causas possíveis de distúrbios da fala, que incluem fraqueza muscular, lesões cerebrais, doenças degenerativas, autismo e perda auditiva.

Os distúrbios da fala podem afetar a auto-estima de uma pessoa e sua qualidade de vida em geral. No entanto, a terapia da fala, exercícios respiratórios e medicamentos anti-ansiedade podem ajudar a melhorar a fala e reduzir os sintomas.

Autor: Dr. Manuel Silva

O Dr. Manuel Silva terminou sua especialização em neurocirurgia em Portugal. Ele está interessado na experiência de radiocirurgia, tratamento de tumores cerebrais e radiologia intervencionista. Ele adquiriu experiência operacional significativa, realizada sob a supervisão e orientação de idosos.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

*

* Copie esta senha *

* Digite ou cole a senha aqui *

Comentários de spam do 12.074 bloqueados até agora por Wordpress sem spam

Você pode usar tese HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title = ""> <acronym title = ""> <b> <blockquote cite = ""> <cite> <code> <del datetime = ""> <em > <i> <q cite = ""> <s> <strike> <strong>